ALEXANDRE FARTO aka VHILS | Dissection

August 29, 2014 - arte / escultura / eventos / exposições / gravura / instalação / multimédia / museu da eletricidade / museus / noticias / videoarte

No principio era o caos… o caos da cidade, feito ordem, feito arte. O outro lado da cidade, transposto para estética destruída/construída da urbe.

Alexandre Farto tem 27 anos e já ganhou o seu lugar no mundo. Enquanto indivíduo, street artist, artista. Nos últimos anos tem inscrito a sua estética em muitas das cidades deste mundo; não é mais indiferente a este mundo.

Vhils é o “outro lado” de Alexandre Farto. Vhils constrói, desconstruindo. Dissecando. Expondo. Chama a atenção para aquilo que se nos apresenta diariamente, mas que, pela repetição de visionamento, já não é visto/apreendido.

Estamos anestesiados, dormentes, à realidade diária da cidade, da urbe. Vestimos uma pele-uniforme, que nos retira a singularidade e nos torna o produto da mesma “massa”. Vhils contraria essa uniformização. Impõe a individualização. O seu modus operandi é simples, primário até, em resposta direta ao ambiente saturado da cidade, responsável pela perda da individualização do ser humano. Experimentalista, Vhils explora a estética do vandalismo em diversos meios e técnicas.

Dissection apresenta-se no Museu da Eletricidade até ao próximo dia 5 de Outubro.

Deixo-vos aqui algumas imagens…

 

MUSEU DA ELETRICIDADE
Avenida Brasília Central Tejo, 1300-598 LISBOA
210028190
www.fundacao.edp.pt

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.